Embaixadora da parada LGBT do mundo, Madonna vai a Stonewall Inn

World Pride 2019 será realizada em Nova York para comemorar 50 anos do movimento LGBT moderno

Publicado em 01/01/2019
Madonna começa o ano em bar gay de Nova York
Madonna começou 2019 dentro do bar gay mais conhecido e importante no mundo

Madonna fez aparição surpresa nas primeiras horas de 2019 no Stonewal Inn, o bar gay mais famoso de Nova York, nos Estados Unidos.

Curta o Guia Gay Floripa no Facebook 

A presença da diva no local não foi uma visita comum. Ela é a embaixadora das comemorações dos 50 anos da Revolta de Stonewall.

"Eu só quero dizer que nunca toquei em um palco tão pequeno!", disse a cantora ao subir ao pequeno palco do bar.

"Você sobreviveu a 2018? Você está feliz em dizer ‘adeus, vadia’?", perguntou. "Eu tenho algumas coisas sérias para dizer."

Madonna tirou um par de óculos e antes de começar seu discurso brincou: "2019 é o ano em que eu começo a usar óculos."

 

 

"Eu estou aqui orgulhosamente no lugar onde o orgulho começou, o lendário Stonewall Inn, no nascimento de um novo ano. Nos reunimos hoje à noite para celebrar 50 anos de revolução."

"Nunca vamos nos esquecer dos motins de Stonewall e daqueles que se levantaram e disseram: ‘Basta’. Meio século depois, Stonewall se tornou um momento decisivo e um ponto crítico na história."

 

 

"Se você não consegue imaginar como estou feliz por voltar para casa em Nova York, onde os sonhos nascem e são forjados e trazidos à vida, tenho orgulho de dizer que minha jornada como artista começou aqui, e meu compromisso com a igualdade de todas as pessoas criou raízes."

"Se realmente nos dermos um tempo para nos conhecermos, descobriremos que todos nós sangramos da mesma cor e todos precisamos amar e ser amados. Vamos nos lembrar quem e o que é essa luta – nós mesmos, um pelo outro, mas, verdadeiramente e ainda mais importante, pelo que estamos lutando?"

"Vamos levar um minuto para refletir sobre como podemos levar mais amor e paz para 2019, vamos ver como podemos fazer atos aleatórios de bondade. Talvez possamos encontrar uma abertura para levar luz. Você está pronto para fazer isso?"

Madonna estava acompanhada pelo filho David Banda e cantou seu hit Like a Prayer e o clássico de Elvis Presley Can't Help Falling in Love.

 

 

A Revolta de Stonewall é considerada o marco contemporâneo na luta pelos direitos arco-íris. Cansada das inúmeras batidas policiais e de serem tratados como cidadãos de segunda classe, a comunidade LGBT enfrentou a polícia por três dias em 1968.

Um ano depois, para celebrar a ação, LGBT criaram a primeira parada LGBT do mundo, a de Nova York. 

Este ano, a World Pride será realizada justamente na maior cidade norte-americana, em 30 de junho, para marcar os 50 anos de Stonewall. 

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.