Ator Pedro Henrique Müller se declara ao marido

Em 'Orgulho e Paixão', ator foi responsável pelo primeiro beijo gay em uma novela das seis da TV Globo

Publicado em 26/02/2019
Atores gays: ator Pedro Henrique Muller se declara ao marido
Müller (à dir.) junto ao marido: ator elencou qualidades do amado

O ator Pedro Henrique Müller usou suas redes sociais para se declarar ao marido.

Curta o Guia Gay Floripa no Facebook

Em 2018, Müller viveu o Coronel Otávio em Orgulho e Paixão, que se descobriu apaixonado pelo mecânico Luccino (Juliano Laham).

Os dois foram responsáveis pelo primeiro beijo gay em uma novela das seis da TV Globo.

Beijo gay na novela das seis: Luccino e Otávio
Luccino e Otávio se beijaram na novela 'Orgulho e Paixão'

No Instagram, o ator salientou as qualidades do amado para comemorar quatro anos de relacionamento.

"Eu amo viver as semanas com ele e eu sei que sou feliz quando o vejo chegando com as sacolinhas do Mundial toda segunda", escreveu.

"Ele é uma pessoa muito mais amável que eu", continuou. "Às vezes, ele é um pouco grosseiro, mas, ainda assim, é a coisa mais linda do mundo quando tá sem paciência. Isso me irrita um pouco."

"Você é o meu melhor marido do mundo e eu te amo é muito", encerrou Müller.

Leia o post completo:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ele gosta de planejar tudo e eu não planejo nada. Ele gosta de doces à base de feijão (vai entender...) e planilhas e cronogramas, listas, de hamburguer com picles e bacon e da Tilda Swinton e come os chocolates que compramos no supermercado no minuto em que chegamos em casa. Compra as mesmas coisinhas toda semana. Eu amo viver as semanas com ele e eu sei que eu sou feliz quando eu o vejo chegando com as sacolinhas do Mundial toda segunda. O meu humor oscila de forma enlouquecedora, enquanto ele se mantém sempre numa quase linha reta emocional, com algumas trepidações. Ele é uma pessoa muito mais amável que eu. Às vezes ele é um pouco grosseiro mas, ainda assim, é a coisa mais linda do mundo até quando tá sem paciência. Isso me irrita um pouco. Ele tá sempre olhando pro futuro e eu to sempre com o olhar afogado no presente, nisso eu acho que a gente se ajuda demais. Eu aprendo com ele um milhão de coisas, todos os dias. Coisas incríveis enormes e também umas coisinhas miúdas meio bobas, talvez mais importantes que as primeiras. Pequenas virtudes, é por elas eu queria te agradecer. Obrigado por me fazer gostar de filmes de terror e histórias em quadrinho, por ser o meu melhor amigo, por me fazer rir muito, por não saber nenhuma letra direito de nenhuma música, por ser absurdamente desafinado , obrigado por me apresentar um milhão de músicas e conhecer o nome de todos os atores, atrizes e diretores e os anos em que foram lançados todos os filmes do mundo e ser meu IMDb quando não tem wifi. Obrigado por não conseguir imitar nenhum sotaque de lugar nenhum e continuar insistindo em tentar reproduzi-los. Você me faz muito feliz. Feliz 4 anos, meu amor. Você é o melhor marido do mundo e eu te amo é muito! ??

Uma publicação compartilhada por Pedro Henrique Müller (@pedro.henriquemuller) em


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.