Ator do SBT é vítima de 'boa noite, Cinderela' em balada de SP

Moreno Nunes acordou sem camisa no meio da rua e descobriu que sua conta bancária estava zerada

Publicado em 15/03/2019
Ator Moreno Nunes é alvo de golpe Boa Noite, Cinderela em balada gay de São Paulo
'Eu quero o meu dinheiro de volta. E também quero justiça', disse ator

O famoso golpe do "boa noite, Cinderela" continua fazendo vítimas. Desta vez, o ator Moreno Nunes foi o alvo do crime.

Curta o Guia Gay Floripa no Facebook

Moreno, que atua em pegadinhas do SBT e ja fez participações em séries da TV Globo, conta que teve R$ 3.700 roubados após ir a uma balada no Centro de São Paulo.

"Saí de um trabalho de eventos no domingo [20 de janeiro], estava de mochila com carteira, celular e cartão do banco. Eu tinha R$ 3.700 em conta, que era para passar até o carnaval, porque neste período do ano o trabalho de eventos é muito devagar. Fui para uma balada no Bom Retiro. Deixei a mochila na chapelaria e fui curtir", afirmou o ator ao Notícias da TV

"Até 1h eu tinha noção do que eu estava fazendo, só até esse momento essa balada existiu para mim. Depois disso, eu acordei com um amigo perguntando por que eu estava sem camiseta às 5h no centro da cidade", explicou.

O ator estava na festa com dois amigos. mas eles o perderam de vista após um homem se aproximar de Moreno. "Meu amigo me disse que fiquei com ele até certo momento e depois fui conversar com um cara no balcão. E essa cara começou a andar comigo", disse.

"Meu amigo disse que o cara tinha uma aparência estranha, mas como eu sempre falo com todo mundo, ele achou que estivesse tudo bem. "Ele chegou a ver o cara ir ao banheiro comigo e depois não me viu mais. Achou estranho eu não ter me despedido e começou a me mandar mensagens, mas ele disse que nenhuma delas chegava."

Às 10h da manhã, após chegar em casa na Zona Leste da cidade e pedir dinheiro emprestado para uma vizinha para pagar o táxi, Moreno foi ao banco e descobriu que sua conta estava zerada.

"No extrato aparece que eu paguei a balada por volta das 2h. Às 4h19 começaram os débitos. Só no táxi, foram R$ 1.000. Aí vieram as máquinas físicas. Depois de cinco minutos, uma nova conta de R$ 950. E foi um débito atrás do outro. O último débito, por volta de 5h, foi de R$ 2. Esvaziaram tudo."

Piadinhas na delegacia
O ator conta que a casa noturna o ajudou a reconhecer o criminoso fornecendo imagens das câmeras no local. Munido disso, ele foi à delegacia mas foi mal atendido.

"Começaram a fazer piadinhas de mim pelo fato de eu ter ido a uma balada. Deram a entender que eu estava bêbado, e por isso fui assaltado. Mesmo eu tendo todas as provas em mãos, preferiram fazer graça com a minha situação em vez de me ajudar."

Moreno acionou advogados para conseguir ressarcimento da quantia e prender o criminoso. O banco disse que não viu incorreção nas transações.

"Eu quero o meu dinheiro de volta. E também quero justiça. Já sabemos a identidade de quem me aplicou o golpe e ele precisa pagar por isso, não pode ficar solto. Ele é um perigo para a sociedade."


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.