Metade dos homens jovens do Brasil têm HPV, diz estudo

Pesquisa inédita revela que Nordeste é a região com índices mais altos da doença sexualmente transmissível

Publicado em 30/05/2018
Metade dos homens jovens no Brasil têm HPV
Vacina está disponível pelo SUS para meninas a partir de 9 anos e meninos a partir de 11 anos

Uma pesquisa inédita constatou que mais da metade dos homens jovens que buscam atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil estão infectados pelo papilomavírus (HPV).

Curta o Guia Gay Floripa no Facebook

A prevalência de HPV dentre a população masculina (51,8%) é ligeiramente inferior do que a dentre as mulheres (54,6%). Na média da população em geral a infecção pelo vírus fica em 53,6%.

A região concentra maior porcentagem de contágio pelo HPV é a Nordeste (58,09%), seguida pela Centro-Oeste (56,46%), Norte (53,54%), Sudeste (49,92%) e Sul (49,68%).

Foram entrevistados 8.626 homens e mulheres entre 16 e 25 anos que utilizam o SUS em todas as capitais do País.

Em relação às infecções sexualmente transmissíveis (IST), 13,8% referiram a presença prévia de uma dessas doenças ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para HIV ou sífilis.

Dos jovens entrevistados, 15,7% referiram fumar cigarros, 72,4% relataram já terem feito uso de bebidas alcoólicas e 31,6% de drogas, ao longo da vida.

Denominado POP-Brasil, o estudo foi realizado pelo Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre, em parceria com o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), com recursos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

De 2017 até maio passado, apenas 33% dos meninos de 11 a 14 anos receberam a primeira dose da vacina contra o HPV pelo SUS. A segunda dose foi recebida por 8%. Dentre as meninas, a vacina está disponível desde 2013. Daquele ano até maio de 2018, 79,4% das garotas de 9 a 14 anos receberam a primeira dose da vacina e 52,9%, a segunda.

O HPV é um vírus sexualmente transmissível que ataca especialmente as mucosas - boca, genitais e ânus - e não apresenta sintomas iniciais. A longo prazo, os tipos 6 e 11 causam verrugas nos genitais e/ou ânus em homens e mulheres e os tipos 16 e 18 podem provocar câncer de colo uterino nas mulheres.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.