Antra mente sobre divulgação de dados a respeito de mortes de trans

Entidade deletou informações de seu site para parecer que eles nunca foram mostrados

Publicado em 14/01/2020

A Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) mentiu sobre publicação de dados a respeito de transfobia.

Curta o Guia Gay Floripa no Facebook

A entidade, uma das principais do Brasil e referência internacional em cidadania trans, afirmou em post que "não divulgou nenhum dado sobre violência contra as pessoas trans em relação a 2019". 

Texto da organização ainda complementou: "Atenção!!! Não caiam em fake news!", o que é um ataque à Rede Guiya, responsável por este e mais quatro sites LGBT, e autora da notícia exclusiva que tratava da redução de 24,5% nos assassinatos de pessoas trans em 2019.  

A noticia não é falsa! 

O fato é que durante todo o ano de 2019 e até 14 de janeiro de 2020, o site da entidade divulgou e atualizou permanentemente o documento chamado "Assassinatos de pessoas trans 2019" dentro da seção Mapa dos Assassinatos.

antra travestis transexuais

E não só. Até aquela data, também estavam nessa seção os mapas de 2017 e 2018.  A prova que temos disso são os prints screens abaixo. 

Entretanto, na manhã de 14 de janeiro, após o deputado federal Eduardo Bolsonaro tuitar a notícia - publicada em 12 de janeiro -, esses mapas já não estavam no site da Antra. Apenas os dossiês de 2017 e 2018, feitos a partir dos mapas, ficaram disponíveis juntamente com o chamado Mapa 2020. 

No post da acusação infundada de fake news, a entidade afirma que o dossiê de assassinatos será lançado em 29 de janeiro. Entretanto, conforme é provado abaixo, não são apenas esses documentos que trazem dados sobre o tema, mas também os mapas, base da reportagem publicada pela Rede Guiya

Ademais, nossa reportagem mantém guardadas mensagens enviadas e resposta recebida a parte delas de uma das autoras do dossiê, Sayonara Nogueira. 

Reafirmamos o compromisso com a verdade no que divulgamos e o compromisso com a cidadania LGBT.  

mapa assassinatos 2017 trans

 

mapa assassinatos 2018 trans travestis transexuais

 

mapa travestis transexuais morte assassinatos 2019

 


Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.